Sem categoria

Força Feminina discute o tema da prostituição em Rádio Itapoan FM

Compartilhar

Com o objetivo de promover espaços e meios de comunicação para que a Sociedade Civil e Instituições governamentais e não governamentais conheçam a realidade das mulheres, a Unidade Força Feminina esteve na Rádio Itapoan para uma entrevista no dia 21 de agosto abordando a temática da prostituição, os desafios encontrados pelas mulheres nesta realidade e a regulamentação da prostituição.

 De um lado estava a ex-garota de programa Adriana Piazza, atual representante do site Elite Girl- uma revista digital que anuncia trabalhadores do sexo; e do outro Fernanda Priscila Alves, coordenadora do projeto Força Feminina, que acolhe mulheres em situação de prostituição buscando promover a reintegração social. O debate aconteceu das 18 hs às 19 hs e teve a mediação do apresentador Zé Eduardo. A transmissão pode ser conferida pelo do site http://www.itapoanfm.com.br.

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *