Sem categoria
Compartilhar
CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
MANHÃ

08:30hs: Credenciamento
09:30hs: Apresentação artística 
09:40hs: Solenidade de abertura
09:45hs: Vídeo institucional
10:00hs: Histórico da Rede Oblata
1º Painel – Articulações socioassistenciais nas unidades de representação das mulheres em situação de prostituição
10:10hs: Representantes da Rede Oblata – Salvador (Projeto Força Feminina) 
                                                                        Belo Horizonte (Diálogos pela Liberdade)
                                                                       Juazeiro (Pastoral da Mulher)
11:00hs: Fala das mulheres atendidas no projeto 
11:20hs: Fala de algum parceiro 
12:00hs: Encerramento do primeiro período
12:30hs: Almoço

TARDE

13:30hs: Apresentação artística – Poesia – Sarau da Onça
14:00hs: Reabertura
2º Painel – Justiça e Gênero
14:10hs: Expositora – Márcia Tavares – NEIM/UFBA / Ronda Maria da Penha
3º Painel – Politicas Públicas para as mulheres
15:10hs: Expositora –  Olívia Santana – Secretária de Políticas Públicas do Estado da Bahia

16: 00hs: Plenária
16:30hs: Finalização das atividades: Apresentação cultural e Coffe Break



Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *