Sem categoria

Passeio das Mulheres 2018

Compartilhar
Em um momento de lazer e descontração, as mulheres atendidas pelo Força Feminina, unidade Oblata em Salvador, juntamente com seus filhos e a equipe do projeto curtiram uma programação diferenciada em um hotel fazenda, nas imediações de Salvador.

O dia foi muito proveitoso, houve uma integração entre todos, mulheres, filhos, equipe, incluindo a colaboração dos funcionários do hotel. A animação começou desde a saída de Salvador, com uma dinâmica no ônibus, na qual, todas terminaram cantando músicas de suas preferências.

Ao chegar, a recepção foi bastante calorosa, um café da manhã esperava pelos presentes, logo em seguida, houve uma acolhida e uma oração inicial por parte da equipe do Força Feminina a fim de relembrar acordos de convivência e desejar felicitações às mulheres, especialmente às mães em decorrência do Dia das Mães.
O roteiro de atividades proposto pelo hotel possibilitou integração e lazer diferenciados, com a ordenha das vacas, passeio de charrete, montaria de cavalo e pôney para as crianças, além de diversões ao redor da piscina. As refeições também foram um momento de confraternização à parte.

  

A natureza foi pano de fundo para as diversas fotos que foram tiradas, todas fizeram questão de registrar os momentos deste dia.


Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *