Sem categoria

Bazar Força Feminina

Compartilhar

Na Unidade Força Feminina foi realizado um bazar que tinha como proposta promover a solidariedade entre as mulheres. Com a presença de sete mulheres a dinâmica propunha que cada uma retirasse uma fita sem ver, onde cada cor representava uma ação (Vermelha, passar a vez, Verde, escolher uma peça e Amarelo, escolher um presente para uma das mulheres). E foi nesse ritmo que as mulheres se divertiram e demonstraram relações de cumplicidade muito grande, já que na hora da escolha de SEU pressente, preferiu pegar algo que a outra queria ou também, quando outras iam escolher o presente ajudavam na escolha.

De modo geral foi uma atividade muito agradável e alegre, sem brigas. Chama a atenção que ao termino todas agradeceram ao projeto e deram a ideia de fazerem outro bazar elas mesmas trazendo roupas que não usam mais. Duas delas se comprometeram de separar em casa e trazer para o Projeto.
Salvador, 06 de novembro de 2012.

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *