Sem categoria

Unidade Força Feminina participa do lançamento do livro “Esqueletos Urbanos: transformando o centro com os cidadãos”

Compartilhar
O lançamento do livro aconteceu no dia 31 de março de 2015, na Centro Cultural da Prefeitura de Salvador e reuniu representantes de Movimentos Sociais do Centro como à Associação Comunitária dos moradores do  Centro Histórico,Associação dos moradores e amigos do  Centro Histórico, Movimento População da Rua, ACAC (Associação Comunitária Alzira do Conforto), Comissão de Resistência Moradia e Trabalho e o Projeto Força Feminina.















O Workshop “Que Cidade é essa” é fruto de uma parceria entre a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia e o Centro de Estudos e Ação Social (CEAS), e teve como objeto de estudo os imóveis abandonados do centro histórico, os esqueletos urbanos de Salvador, onde foi estabelecido um catalogo de ideias arquitetônicas a fim de determinar usos para esses vazios urbanos, restaurando e demostrando o potencial da função social desses imóveis para que esses possam ser utilizados para beneficio da população.

A primeira parte do livro descreve o trabalho das instituições do Centro Histórico que participaram do Workshop como o Força Feminina relatando sua história, demandas e parcerias com instituições do Centro Histórico. No ano de 2012 a Unidade iniciou uma articulação com o CEAS e a UFBA, com a finalidade de apresentar alternativas para estes imóveis sem função pública e consequentemente garantir melhoria de vida a comunidade. 

Sem dúvida a parceria representa uma possibilidade de visibilidade ao trabalho da Unidade, além de favorecer integração com a comunidade e outras instituições. Como produto final o livro se torna mais um instrumento de comunicação, que traz em sua constituição, uma importante análise para a garantia plena dos direitos de pessoas e grupos em situação de vulnerabilidade, como as mulheres em situação de prostituição.

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *