Sem categoria

SORORIDADE

Compartilhar

A eterna rivalidade entre mulheres precisa ser transformada na eterna irmandade!

Enquanto nós mulheres ainda seguirmos sendo rivais e destruidoras do feminino umas das outras. Enquanto houver inveja, maledicência e olhares tortos, não haverá realmente a cura do nosso feminino.

Precisamos sair dessa teia de fios negros que fomos colocadas e perceber que ninguém ganha com esse tipo de comportamento, pois vamos nos fragmentando no caminho, vamos nos tornando pedaços do que deveria ser inteiro. O Feminino!
Quando uma de nós dá asas a outra, esta preparando suas próprias asas para alçarem voo!
Quando uma de nós estende a mão para a outra, está sendo ajudada também a sair do poço das dores.
Quando uma de nós de torna candeeiro na jornada da outra, ilumina também sua estrada!
Quando uma é doce com a outra, recebe de presente um pote de mel da vida!
Precisamos sair de trás da porta, esperando a outra passar para colocar os pés para que a outra tropece. Ao invés disso, podemos ser a que abre a porta, facilitando assim, a jornada da outra!
Precisamos nos unir e aprendermos a ser o Amor que queremos receber, pois somente dessa forma, curaremos o mundo da tristeza que tem assolado os corações.
Somos nós quem geramos, nutrimos e criamos essa humanidade, então que possamos ser mais Humanas, Amorosas e Acolhedoras, para que assim, possamos crescer e caminhar Juntas no Amor e na Irmandade!
Que possamos sair da distancia da critica, para nos tornar elos nas palavras sinceras!
Nossa força está nas mãos dadas, no abraço sincero, no amor que pulsa!

SEJAMOS HOJE A MELHOR PESSOA QUE PUDERMOS!
SEJAMOS O MELHOR QUE NOSSO FEMININO POSSA EXPRESSAR!
SEJAMOS AMOR EM MOVIMENTO!

FONTE: Feminino Sagrado – facebook

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *