Sem categoria

“Relacionamento Abusivo” Já pensou se fosse com você?

Compartilhar
“Após fim de relacionamento abusivo, mulher luta para superar e seguir em frente” – Jornal Notícias do Dia

“Por que tantas mulheres continuam em relacionamentos abusivos?” – Revista Super Interessante

“Violência moral causa traumas em vítimas de relacionamentos abusivos” – Jornal O Globo

“60% das mulheres já sofreram em relacionamentos abusivos no país” – Revista Nova Cosmopolitan
Olha só quantas notícias são divulgadas todos os dias sobre o sofrimento de tantas mulheres que não sabem o que fazer para sair de um relacionamento abusivo, mulheres que se sentem humilhadas, subjugadas, carentes, com medo de contar até para os próprios familiares o que sofrem devido ao julgamento. 
                                                                                                                   
Estar neste lugar com certeza não deve ser fácil, ninguém inicia um relacionamento para sofrer, pois se relacionar é saber que pode contar com um cúmplice, um amante e um amigo. Porém, nem sempre a história termina assim, muitas vezes a mulher encontra naquele que deveria ser seu companheiro, um inimigo. Pensar nisso é vital para a nossa sociedade, índices de depressão e ansiedade, compulsão alimentar, entre outros transtornos de saúde, queixas de agressões até chegar ao feminicídio crescem cada dia mais e afeta a todos os envolvidos, a própria mulher, os filhos, a família… Todos perdem.
E você, já pensou o que faria se estivesse em um relacionamento abusivo? Será que teria a coragem de contar para alguém e buscar ajuda?

Em 15 de agosto,
Laina Crisóstomo, advogada feminista, ativista pelo direito das mulheres e presidenta do Tamo Juntas, estará facilitando uma palestra com este tema no Encontro de Cirandas Parceiras, na sede do Força Feminina, compareça e venha dialogar na busca por soluções para as problemáticas que agridem a todos.

                         

Inscrições do Cirandas Parceiras “Relacionamento Abusivo”  pelo Sympla: 
https://www.sympla.com.br/cirandas-parceiras-relacionamento-abusivo__306446

Manchetes dos sites:

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *