Sem categoria

Fortalecimento da Rede em prol das mulheres em situação de prostituição

Compartilhar


No último dia 07 de junho o Projeto Força Feminina, juntamente com a Vereadora Aladilce Souza estiveram na Secretária de Políticas para as Mulheres (SPM – BA) em sua 1ª visita formal no gabinete da Secretária Julieta Palmeira. 
O encontro teve como foco estreitar os laços com a Secretária, além de encontrar soluções a fim de dar continuidade na construção sólida de uma política destinada as mulheres em situação de prostituição ou em ações que respondam as suas demandas nas áreas como: saúde, social, educação e segurança.


“Essa será o primeiro de vários encontros com a Secretária. 
Queremos estabelecer relações com quem oportunizará as mulheres que são atendidas pelo PFF. Encontros como esse é de suma importância para concretizarmos as demandas que constantemente aparecem no dia-a-dia” Alessandra Gomes – Coordenadora do Projeto Força Feminina
“O Projeto Força Feminina tem um trabalho muito importante com as mulheres em situação de prostituição. É uma referência em atendimento direto dessas mulheres” Aladilce Souza, vereadora – PCdoB.
Em oportunidade o encontro contou com a presença de Lilih Curi e Dayane Sena representantes da 3ª Mostra Lugar de Mulher é no Cinema, essa, “é uma ação continuada de exibição de curtas metragens nacionais dirigidos e/ou protagonizados por mulheres. A programação é composta por sessões de filmes de até 20 minutos, competitivas e não-competitivas.”
Esse encontro também rendeu novas parcerias e com certeza irá somar forças no PFF.


Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais do Projeto Força Feminina – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais.   

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *